Chiiii, errei!

Enquanto isso, no Walmart. Este produto custava US$ 10. Aproveite que agora ele está em promoção, está custando apenas US$ 10.

Errar é humano. Humanos erram. Eu erro, tu erras, ele erra, nós todos já erramos um dia. A diferença é que uns assumem e outros preferem manter a imagem de perfeitos. Fazer campanhas publicitárias ou ações promocionais nas mídias sociais virou moda, não apenas porque é mais barato investir neste meio, mas porque todo mundo está lá.  Isso é perfeitamente justificável, veja só como o mercado publicitário traça um movimento de ir e vir sempre em busca da atenção do consumidor.

Até uma ou duas décadas atrás as propagandas mantinham-se comportadas entre dentro do break, mas parece que a vontade de fazer xixi começou a aumentar e as pessoas descobriram este intervalo como uma grande oportunidade de fugir do discurso cada vez mais convincente da propaganda. O que vimos acontecer foi uma migração das mensagens publicitárias para os as chamadas ações de “merchandising”.

Este movimento também pode ser visto nas mídias sociais. Quando o finado Orkut foi criado, todos acharam que o Google estava ali oferecendo seus serviços de forma benevolente como forma de contribuir com uma sociedade mais justa. Bem, não quero tirar o mérito da empresa californiana, mas mais tarde perceberíamos que o Google soube muito bem aproveitar aquele período para nos conhecer bem e hoje é o gigante das propaganda na web através do adwords.

Esta oportunidade de usar este novo espaço atraiu muitas empresas e hoje a receita destas empresas como o próprio Google e o Facebook vem das propagandas. Mas será que o resultado é certo? Basta arrastar minha empresa para onde as pessoas estão que estarei “bem na fita”? Não.

Separei algumas dicas do Storefront Social que achei interessantíssimas para uma tomada de decisão antes de partir para uma ação on-line.

1. A imagem da marca precisa ser preservada.

Se você é palmeirense, não queira se apresentar como corinthiano numa campanha específica só para agradar os participantes daquela comunidade. Os corintianos perceberão que você não está sendo sincero. O Walmart deu um belo exemplo de como “não fazer” nas mídias sociais. Em 2007, ao ver um concorrente encerrando com sucesso uma campanha no facebook, resolveu entrar de cabeça na rede, mas como não daria conta de atender às demandas do relacionamento respondendo aos usuários, decidiu restringir a participação deles. O efeito foi reverso. Grupos se uniram para criticar a empresa. Este é o resultado de uma empresa que ouve os consumidores na vida real mas restringe no universo on-line

2. Incapacidade de identificar o público

É imprescindível que você conheça o público se quer fazer com ele e se que partir para uma ação de marketing. Alem disso, é necessário saber em qual mídia social este target está.

3. É preciso saber se relacionar

Você consegue imaginar a seguinte situação? Você está numa rodinha de amigos numa festa e de repente entra um cara que ninguém conhece, cumprimenta, “curte” uma fala sua e já aproveita o gancho e faz um comentário te oferecendo um produto, que alias, tem tudo a ver com o papo. Você vai gostar disso? A não ser que você esteja muito mesmo querendo este produto, provavelmente todos acharão que o cara é um intruso e muito abusado. É preciso saber se relacionar, participar de cada conversa sabendo se colocar sem ser invasivo. Realacione com os usuários, não force a barra.

Existem muitos outros pontos que devem ser levados em conta quando nosso intento é se relacionar com nossos público alvo. Estes são apenas alguns deles. Se sua necessidade é trabalhar com mídias sociais, tente entender a cada dia os movimentos que este novo ambiente faz. As mudanças são muito rápidas e perder uma pequena mudança pode fazer toda diferença no resultado de uma campanha.

Publicado em 16 de novembro de 2011, em Uncategorized. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s